11 julho 2019

PRECONCEITO E MACHISMO - #LUTEPORUMAGAROTA

| |
Olá meus amores hoje temos mais #luteporumagarota, se não sabe do que estou falando, resolvi falar como foi pra mim ficar dias longe da minha família CLIQUE AQUI pra ver tudo que já rolou por aqui.

Bom hoje eu vou falar sobre o preconceito, quando falamos sobre um assunto tão pesado vem logo aquele sentimento de revolta em muitos, eu sofri na pele o preconceito e machismo.

Como eu disse é coisas que passavam despercebido, antes eu não notava tanto, pois sempre tive Eduardo que me protegia de tudo isso.

Quando tive que viajar eu imaginei tudo, menos que fosse JULGADA com o fato de ter deixado meus filhos com o pai, nem é relevante falar, mais na minha opinião, eles estavam em tempo de aula, TODOS ELES, e mesmo que não acho que os pais tem o DIREITO de julgar o que fazer ou não em relação a isso.

O pai sempre é visto como provedor da casa, a mãe sempre como a escrava do lar, eu senti isso de várias formas, um espanto quando as seguintes palavras, isso pra dizer o básico, teve comentários muito mais sem noção e sem nenhuma elegância.

- Sou casada,

- Sou mãe de cinco

- Sim meus filhos ficaram com o PAI deles

Isso foi o básico, eu me senti muitas vezes com raiva por tanto machismo, até mesmo vindo de mulheres, me julgando, me condenando, apontando o dedo pra mim literalmente, dizendo que não fariam ou fariam diferente.

Mais a sociedade é assim ela julga e prejulga mais rápido que trovão, na minha opinião, eu não tenho direito de querer entender como aquela ou outra pessoa faz qual quer coisa.

Atos hediondos, violência pra mim estão e tem que estar sempre em julgamento, mais tirando isso os PAIS tem que ter o DIREITO de lutar por sua família da melhor maneira possível.
Eu de tudo isso aprendi que ouvir certas coisas é difícil, mais logo em seguida saber que o mais importante, não são aquelas pessoas, é aqueles que te amam e te respeita, eu agradeço meus amigos sinceros, que me reportaram, meu marido pela compreensão, graças a Deus, nada é do todo ruim, como nada é de todo bom.

Bom meus amores não quero me prolongar mais, me conta se já sofreram algum tipo de preconceito, como reagiram.

Sua experiência pode virar post aqui no intercachos, mande sua história no meu e-mail intercachos@gmail.com, caso queira ficar anônima é só mencionar no texto.

Quero inspirar e ser inspirada por vocês, #luteporumagarota sempre.

Beijos e até breve

16 comentários:

  1. infelizmente nossa sociedade é cheia de preconceitos e machismo mesmo; sendo que MUITAS mulheres que conheço sao mais batalhadoras e fortes de que muitos homens, mt legal seu marido ficar com os filhos, afinal sao tão filhos dele quanto seus

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Hey Darling,
    Thank you for sharing this, so important subject and we have to pay attention and take care!
    Thank you for this post, you helped a lot for many people out there!
    Hugs Kisses Karina

    ResponderExcluir
  3. A sociedade é muito cruel com as mulheres, vivemos num mundo que tudo é contra a mulher, filhos ficam bem com mães e pais sozinhos, acho máximo quando vejo o pai cuidado dos filhos, não se sinta pra baixo o que dizem de você, a gente sente que você é uma excelente mãe, bjs.

    ResponderExcluir
  4. Nossa isso é uma questão bem delicada, mas a verdade é que sempre haverá pessoas que vão apontar o dedo e julgar na cara,; O importante é não se importar e ligar apenas para aqueles que estão do seu lado, te apoiam e sabem da sua história. Um grande beijo e sucesso querida.


    www.blogdoce18.com

    ResponderExcluir
  5. Sofrer preconceito é a pior coisa do mundo, realmente. Quando eu era mais nova eu também não notava, minha inocência era grande demais. Eu era xingada no ensino fundamental, mas não associava com racismo, depois de muito grande que eu conversando com uma amiga me lembrei e me toquei que era racismo. Agora todos os dias eu percebo e é uma merda isso! A ignorância das pessoas é absurda e se torna cada dia mais.

    Sucesso total pra você!

    vidade-jessi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Gata infelizmente isso será uma batalha que teremos que lutar todos os dias, e nunca abaixar a cabeça.

    ResponderExcluir
  7. Força garota! Estamos juntas! Obrigada por compartilhar sua história com a gente. Sei que é difícil falar para não se importar porque eu sei como doi ser julgada,mas não podemos abaixar a cabeça.

    ResponderExcluir
  8. Somos julgadas por tudo você por isso e eu que até então estou casada 12 anos e escolhi até o momento não ter filho.. Olha eu escuto cada coisa..da familia.. Dê amigos.. Julgando essa opção! Essas pessoas acham que mulher tem que casar, ficar só em casa com filhos é complicado viu, não dá para entender porque às pessoas ainda pensam assim!

    ResponderExcluir
  9. O pior de tudo é saber que as próprias mulheres criam seus filhos e incentivam o machismo. Isso tem que parar!

    ResponderExcluir
  10. A sociedade julga sem nem ao menos conhecer, nem tentam entender! Por isso devemos acreditar em nós mesmos ♥

    ResponderExcluir
  11. É curioso como o homem pode viajar e ficar dias fora de casa, pode se separar e pagar uma miséria de pensão (e só ver os filhos as vezes) e está tudo certo para ele. Mas grande parte das mulheres não enxergam isso, e continuam a persistir com o machismo na educação de seus filhos homens ou ao apontar o dedo para as outras que estão a sua volta.

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente as pessoas gostam de julgar sem nem saber os motivos que levaram alguém a fazer alguma coisa que a sociedade considera errada. Que Deus abençoe você e sua família.

    ResponderExcluir
  13. Concordo com tudo dito no texto. Sofremos a todo instante julgamentos machistas. Homens e o pior é que na maioria das vezes vem das próprias mulheres, não são todas, mas tem e muito! Sou casada e agradeço por ter meu esposo e pessoas na minha família que me dão apoio e respeitam minhas escolhas também.

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente nós nascemos numa sociedade machista e muitas de nós fomos educadas a pensar assim. Atualmente as mulheres estão mais independentes, aprendendo e expondo melhor suas ideias, mas nem todas se libertaram do machismo e se sentem no direito de julgar uma mulher que pensa diferente. É muito triste saber que ainda existem mulheres presas ao machismo e pior ainda, que julgam as verdadeiramente livres.

    Você é uma guerreira gatona. Deus esta contigo. Bjos

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente é uma batalha diária pra nós!!!
    Um beijo, ganhou mais uma seguidora.

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Somos mulheres e infelizmente o machismo faz parte do nosso dia a dia, está enraizado na nossa cultura. A única esperança é ensinar a igualdade aos nossos filhos para que no futuro as coisas sejam diferentes. Beijos

    ResponderExcluir