02 julho 2019

SENTIMENTO DE CULPA DE MÃE - #LUTEPORUMAGAROTA

| |
Olá meus amores acho que viram que comentei aqui que vou compartilhar alguns momentos que passei nessas férias a #LutePorUmaGarota tá com tudo, pode usar essa #intercachosGarota nas suas fotos que vou lá comentar ok?

Bom escolhi Sexta, mais vou estar voltando pra casa e não poderei escrever, então resolvi me antecipar.
Hoje eu venho falar com você mãe que precisa de um tempo mais se culpa por isso.
Logo que saí de casa ainda na estrada me veio a culpa de deixar minha família, me senti abandonando eles, o que eu não sabia, mais meu marido sim, era que eu precisava me cuidar, as vezes vivemos em função dos filhos e da casa, e esquecemos de nós mesma, quando surgiu a necessidade de vir a Brasília, eu comecei a refletir sobre muitas coisas e uma delas é como ficamos mais sensível a tudo e a todos, como conseguimos perceber coisas que antes passava despercebido.
Eu não imagina tudo que iria pensar e sentir, passando esse tempo sozinha literalmente, já que meus filhos e marido é uma extensão de mim quando estamos perto, sentimos tudo, amor, alegrias, tristezas e dores, e agora longe como seria isso, como eu poderia imaginar não é mesmo, anos e anos sentindo tudo ali palpável ao toque.
Em umas das paradas vi minha caçula por ligação no whastapp, ai não segurei as lágrimas, mais meu marido me deu o suporte que precisava, e olha isso vez toda diferença, ninguém para olhar duas vezes, o preconceito é egoísta demais para isso.

Então minha primeira semana foi bem sofrida, chorei muito, tive momentos lindos na presença de Deus, tive um reencontro com ele, foi uma montanha russa de emoções.

Um balanço sofre o sentimento de culpa, ele saiu de mim, afinal eu tinha data pra voltar, eu amo demais minha família, e também deixei eles com o pai, amparados em amor, carinho e responsabilidade.
Aos poucos fui reconhecendo que poucos pais têm essa chance de mostrar que também pode ficar com os filhos, que podem cuidar, que assisti vídeos da esposa, pra aprender a cuidar de uma cacheada kids.

Esse tempo me fortaleceu, meu amor dobrou 10x e meus filhos conseguiram expressar o amor deles, e nisso tudo eu aprendi muito, estou superando uma depressão, aquela vontade de viver voltou em mim, hoje eu quero lutar, quero melhorar, todo dia é uma luta, mais também é uma vitória maravilhosa, ver que estou vencendo e sobrevivendo.

No domingo dia 01/07, meu filho me disse:

William - Mãe?Olhe pro céu
Olhei
William - Vê o céu? É o tamanho do meu amor por você.

Eu fiquei como chorando neh.....
Agora, quero abrir aqui, caso tenha alguma história de vida que queira compartilhar me mande no meu e-mail intercachos@gmail.com. 
Caso não queira seu nome revelado é só dizer. 

Quero ser inspirada por vocês, precisamos de motivação, e as vezes você tem uma história, que será minha força pra vencer amanhã. Então tô aguardando heim.

Beijos e até a próxima quer ver o que já rolou por aqui só clicar #luteporumagarota

13 comentários:

  1. relação de pais e filhos nem sempre é facil e mts vezes nos sentimos culpados pelo oq fizemos ou deixamos de fazer

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Quando os pais precisam ficar distante da família vem aquele sentimento de culpa, mais as vezes é necessário, e essa culpa que sentimos não pode afetar a relação com a família, muito bacana esse post bjs.

    ResponderExcluir
  3. Muito legal o seu post, mas acredito que independente de ser mãe ou não todos precisam ter esse tempo se sentir culpado em algum momento!

    ResponderExcluir
  4. Não tenho filhos e não pretendo tê-los, então imagino que seja muito difícil se separar deles, mesmo que por pouco tempo, mas é importante lembrar e valorizar esses momentos em que pode estar sozinha. Não se sinta culpada, se sinta agradecida sempre, pois terá vários bracinhos pra te receber quando voltar e uma mala com muita história pra contar.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
  5. as vezes precisamos de um tempo para nós mesmos. pra nos conhecer melhor, sem precisar se culpar por isso, afinal todos passamos por esse momento em momento da vida <3

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Realmente é muito difícil deixar nos filhos, é como se deixássemos um pedaço de nós...

    ResponderExcluir
  7. Não sou mãe ainda, mas só de imaginar essa cena do teu filho te falando isso eu tbm fico toda boba e chorosa ♥

    ResponderExcluir
  8. Parabéns por compartilhar o teu testemunho de vida. Eu já passei por um início de depressão e com a ajuda da minha família eu também consegui vencer. Bju querida.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns, construir uma família com cumplicidade e amor faz toda a diferença.

    ResponderExcluir
  10. Maduro, necessário e muito verdadeiro. Amei seu texto e reflexão.

    ResponderExcluir
  11. Sim, sei bem como se sente. E é. Muito importante cuidarmos de nós também. Por isso é importante apoio e amor da nossa familia.

    ResponderExcluir
  12. Parabens por compartilhar isso!!!
    Devemos sim nos cuidar e nos sentirmos bem e amada

    ResponderExcluir
  13. Amei muito a proposta desses posts com a #luteporumagarota. Ler a sua experiência me fez refletir muito sobre maternidade!

    ResponderExcluir