07 outubro 2020

A HISTÓRIA MACABRA DE GYPSY E DEE DEE-THE ACT

| |

Olá meus seguidarlys hoje o post é pra falar dessa série que me impactou muito, a The Act, fala da história de uma mãe que abusa da filha de formas que nem conseguimos imaginar possíveis.

Essa série me impactou de muitas mentiras, uma delas é claro que é uma história verídica, e assistir pelo lado da filha Gypsy Rose Blanchard, foi assustador, ver até onde vai uma pessoa para ganhar vantagens e viver uma mentira.

Dee Dee (o nome verdadeiro era Clauddine Blanchard) , ela ganhou dinheiro e muita generosidade por dizer que sua filha era doente. Asma, epilepsia, problemas de aprendizagem, distrofia muscular e uma leucemia na infância eram apenas alguns dos seus inúmeros problemas de saúde, a par da necessidade de andar de cadeira de rodas e de se alimentar através de um tubo.

Além de tudo isso ela deixou sua filha infantilizada por anos, limitando-a com vários e várias doenças que nunca conseguiam encontrar a origem delas.

Isso limitou a vida de Gypsy de tal maneira que no final planejou assassinar a mãe junto com seu namorado Nick, e olha é realmente um caso difícil de julgar, pois apesar de todos os trauma psicológicos, ela ainda poderia só sair andando e ir embora, mais a dependência da mãe por ela, a fez ver que era o único jeito, já que sua mãe não iria sobreviver sem ela.

É muito doido isso, pensando por mim eu só iria embora, mais eu não sofri os trauma de Gypsy, não poderia dizer o que faria nessa situação, ela hoje está com 28 anos.

Gypsy e Nick foram presos e acusados do homicídio de Dee Dee. Gypsy foi condenada a dez anos de prisão no Chillicothe Correctional Center, Missouri, depois de se considerar culpada. Em 2023, quando tiver 32 anos, Gypsy vai poder sair em liberdade condicional.

Eu acho que o tempo todo a serie nos mostrou que a mãe era um mostro, eu vi isso, tipo não deixará a garota comer doces, mas ela tinha uma doença, e foi uma pena que não houve ninguém que pudesse ajudar ela.

Dee Dee (o nome verdadeiro era Clauddine Blanchard), que sofria da síndrome deMünchhausen, uma doença em que os indivíduos fingem, em si ou nos outros, doenças para chamar atenção ou simpatia sobre eles. Gypsy não precisava de rapar o cabelo, andar de cadeira de rodas ou ser alimentada por um tubo. No entanto, a mãe a fez acreditar que sim.

Séries assim nos deixa reflexivos e preocupados com o rumo da ser humano, de como nós estamos doentes da alma, que o cérebro de cada um reage é age de maneiras que nunca vamos conseguir compreender.

Índico essa série caso goste de estudar comportamentos humanos, e caso queira ver um elenco perfeito, na atuação, nas expressões, pra mim a série foi muito caprichosa, pois entramos na vida de cada um, e nos importamos com os personagens, acho que tem muito a ver com a história se verídica.

É isso meus seguidarlys espero que tenham gostado, me conta se já conhecia essa série se vão assistir partir de post, e não esquece de comentar o achou de The Act.

Clique aqui, para conferir a história completa

Beijos e até breve

2 comentários:

  1. Ainda não conhecia a série, essa série realmente é de impactar, é uma história que emociona e deixa a gente até com vontade de chorar, como uma mãe pode fazer isso com a própria filha, fiquei bastante curiosa pela série, se tiver a oportunidade de ver com certeza irei assistir bjs.

    ResponderExcluir
  2. Eu me lembro de quando aconteceu o assassinato, por isso quando eu fiquei sabendo que teria a série, eu corri atrás para assistir. Acabei assistindo também dois documentários e o julgamento da Gypsy. Ah! No Facebook ainda tem o perfil delas, com as mensagens do dia que encontraram o corpo, assustador.

    ResponderExcluir